Huayna Picchu

Huayna Picchu

Huayna Picchu: o que é?

Se Machu Picchu todo mundo conhece como a cidade perdida dos incas, o que pouca gente sabe é que a montanha onde as ruínas estão assentadas também recebe este mesmo nome. Em quéchua, a língua dos nativos da região, Machu significa antigo, velho. E geologicamente falando, as rochas dessa montanha são realmente mais idosas.

Bem ao lado há uma outra montanha, com o formato parecido ao do Pão de Açúcar lá do Rio de Janeiro. É tão bonita que fica bem como pano de fundo para as fotos clássicas e panorâmicas de Machu Picchu.

Como se faz para entrar em Huayna Pichhu?

Quando você compra o seu ingresso para entrar em Machu Picchu, o acesso a Huayna Picchu não está incluído. Há uma guarita própria no início da trilha que leva até a montanha e você precisa, portanto, de um ingresso específico para entrar ali.

Restrições

Mas aqui já aparece a primeira dificuldade. O governo peruano limitou o acesso a 400 pessoas por dia. Duzentas podem entrar das 7-8h da manhã e as outras duzentas ficam para o turno das 10-11h. Você deve escolher o grupo em que você vai querer se encaixar logo na compra do ingresso. E, se chegar atrasado (depois das 8h para o primeiro grupo, ou depois das 11h no caso do segundo grupo), eles simplesmente fecham a porta e não te deixam passar.

Isso significa que, se você quer mesmo fazer essa trilha, convém ter passado a noite em Aguas Calientes para que você esteja na hora certa lá no ponto de controle que dá acesso à montanha.

Outro problema você já deve ter imaginado. Como o número de visitantes é bem limitado, esses ingressos acabam rápido, geralmente com um mês de antecedência. Isso acaba lhe obrigando a comprá-lo aqui do Brasil mesmo, bem antes de viajar. O site onde você faz isso é o site oficial do ministério da cultura peruano.

Por outro lado, se você for entrar só em Machu Picchu mesmo, em geral, dá para comprar o ingresso assim que chegar em Cusco, com 2-3 dias de antecedência.

Qualquer pessoa pode subir Huayna Picchu?

Sim. Não há nenhuma regra limitando a subida ao cume. Entretanto, vou logo avisando algumas coisas.
Primeiro: há muitas escadas. Então pessoas com problemas de locomoção, dores nos joelhos e outros perrengues articulares estão fudidas raladas se quiserem encarar essa jornada.

Segundo: você vai passar quase uma hora subindo escadas sem parar! Então tem que ter fôlego, principalmente porque a altitude ali detona com o preparo físico até de quem é atleta. Sério. Prepare-se para sentir muito calor, suar litros e morrer de sede e ficar com muita sede. Leve água o suficiente.

Terceiro: desista se você tiver medo de altura ou acrofobia podem ter sintomas de vertigem . Apesar da boa sinalização, de cordas de segurança e de todo o zelo em manter as escadarias em ordem, aquilo é muito alto! Há vários pontos praticamente verticais, só com uma escadinha estreita te levando para ainda mais alto.

Qual é a graça de subir Huayna Picchu?

Para quem está com medo de encarar a aventura, mas não quer ter uma experiência “incompleta” quando for a Machu Picchu, vou avisando. A trilha de montanha não é para obter a melhor foto, e nem há nada de muito histórico lá em cima que justifique a subida.

  1. A trilha é para aqueles que gostam de trilhas e de escalar montanhas. Simples assim. A vista lá no alto é legal, mas não é a mais bonita. Inclusive, aviso aos fotógrafos aí: a foto clássica de Machu Picchu é bem na entrada do parque ou então no caminho para a Inti Punku o porta do sol  Inca (dá uma vista mais alta, voce pode fazer Machu Picchu com Montanha).
Tags:, , , ,

Post Discussion

Be the first to comment “Huayna Picchu”